Diferenças entre os campos "Nosso numero" e "Numero do documento"

Olá desenvolvedor(a),

Neste post conversaremos sobre dois campos muito importantes do processo de emissão emissão de boletos. Estamos falando do “Nosso número” e “Número do documento”, e falaremos também sobre a principal rejeição que ocorre relacionada a estes campos.

Os dois campos são utilizados para a identificação dos boletos emitidos, porém há diferenças importantes entre eles.

Referente ao “Nosso número”, se trata de uma identificação obrigatória para cada boleto emitido. Ou seja, é a numeração única que cada boleto possuirá junto ao banco, e é utilizado para identificar seu boleto no momento da cobrança e do pagamento.

É um dos campos mais importantes no momento da emissão, e é fundamental que você sempre o incremente a cada boleto gerado, para que esta numeração não se repita.

Caso ocorra uma duplicidade de “Nosso Número”, o banco irá rejeitar o boleto com a seguinte mensagem: “Entrada de Título já cadastrado” (ou similar, dependendo de cada banco), e o boleto em questão não será registrado e portanto, ficará impossibilitado de ser pago.

Como corrigir esta rejeição?

Para corrigir a mensagem de erro citada, é preciso utilizar um “Nosso Número” novo e único para o boleto. Se você não possuir uma relação sobre as numerações já utilizadas, é importante solicitar ao banco qual o último “Nosso Número” utilizado, e prosseguir a emissão a partir dele.

Na API de Boletos da Tecnospeed nós fazemos uma validação sobre esta numeração e te avisamos caso você emita um boleto com numeração já utilizada em nosso sistema!
Também fazemos todos os tratamentos sobre o sequencial do “Nosso Número” para que este fique no formato em que os bancos esperam. Desta forma, diminui-se o risco de problemas e rejeições que podem ocorrer no momento de enviar a remessa ao banco.

Já o campo “Número do documento” é um identificador livre, que você pode utilizar para referenciar o boleto a qualquer outra informação que seja pertinente à sua necessidade.

Citamos como exemplo o uso do “Número do documento” para referenciar a numeração de uma nota fiscal, onde em uma compra parcelada em 3 vezes, seriam gerados 3 boletos distintos, com 3 “Nosso Número” diferentes, mas em ambos os boletos o “Número do documento” seria o mesmo, pois estaria referenciando à mesma nota fiscal.

Caso queira conhecer nossos produtos voltados à Cobrança Bancária entre em contato conosco! Será um prazer te atender!

E restando qualquer dúvida estamos à disposição!

2 Curtidas