Informações do Responsável Técnico da NF-e

Como fica a seguinte situação: sou um free lance, pessoa física e desenvolvi um software de Gestão para uma Empresa (PJ) e para emissão da NFe usamos a solução TX2 da TecnoSpeed.

No caso do responsável técnico e toda aquelas regras de validação
do Código de Segurança do RT, para calcular o campo hashCSRT preciso de informações que não tenho?

Solução:

Nesse caso, o desenvolvedor está trabalhando para a empresa que solicitou o desenvolvimento do sistema. Então utilize o CNPJ dessa empresa como responsável técnico e informe os dados de contato do responsável pela empresa. Os dados de CSRT até meados de 2019 não são obrigatórios e por enquanto não é necessário preenchê-los.

Caso esteja usando emissores da TecnoSpeed, tem uma automação para preencher automaticamente com o CNPJ da Software House, que está em contrato conosco. Porém, se o seu contrato for com um CPF, essa automação não funciona, logo, você deverá informar um CNPJ válido no arquivo de integração, podendo assim, utilizar o grupo das Informações do Responsável Técnico .

Nesse caso, a TecnoSpeed não pode ser o responsável técnico, pois nós fazemos apenas a comunicação. O responsável seria o ERP, que gera o arquivo de integração.

Fato Relevante:

Foi gerado a Nota técnica NT_2018.005 para alteração do layout NFe/NFCe e existe agora o grupo ZD. Informações do Responsável Técnico ao ler a NT, vi que o hashCSRT o campo “ZD09” tem tamanho definido 28, e no exemplo de calculo presente na NT item 2.4 é demonstrado o calculo gerando um hash de tamanho 40, gostaria de saber se foi alguma diferença para o tratamento do hash:

Como está na NT:

Passo 4: Montar o grupo de identificação do responsável técnico (tag: infRespTec).

Resultado: < infRespTec>

99999999999999

Nome do Contato

email@empresaficticia.com.br

41999999999

01

696bfa2de10ce17eaee3ea8123639867c82b8a0c

a NT está incorreta, na documentação está faltando um passo, já no XSD liberado pela SEFAZ também notamos uma inconsistência…