Jump to content
  • 0

Falha na comunicação com o Santander. Código: -1. Descrição: undefined


Dúvida

  • Administradores

Boa tarde Prezados.

Gostaria de saber do que se trata essa falha no momento da emissão do boleto.

Falha: Falha na comunicação com o Santander. Código: -1. Descrição: undefined

Cedente: [EDITADO PELO HUB]
Boleto: ZyRrjLMn7

Ambiente: Produção

fico no aguardo e desde já agradeço!

 

Tópico originalmente criado por: @jairo

Link para postar
Compartilhe em outros sites

4 answers to this question

Recommended Posts

  • 0
  • Administradores

Comentário originalmente feito por: @GustavoFiorin

 

Boa tarde Jairo.

Consultando este Id de Integração em nossa base de dados, é apresentado nos logs de transmissão junto ao banco à mensagem:
“Access denied: certificate not found”.

Tentamos realizar uma averiguação mais à fundo neste título(informações e credenciais), mas no momento ele já se encontra como descartado, o que impossibilita de verificarmos suas informações, pois assim que um boleto é descartado, nossa plataforma realiza a exclusão destas informações que foram previamente incluídas na aplicação.

Recomendo averiguar junto ao banco o motivo deste certificado não estar sendo reconhecido por eles, e caso necessite de qualquer informação, mantenho-me sempre à disposição.

Atenciosamente.

Link para postar
Compartilhe em outros sites
  • 0
  • Administradores

Comentário originalmente feito por: @jairo

 

Boa tarde Gustavo, tudo bem?

Obrigado pelo retorno!!

Esse certificado digital é o mesmo que é utilizado para emitir as notas fiscais?
A1 .pfx

Enviei esse para o banco, porém ela disse que a extensão deve ser .CER ao invés de PFX.
Como obter o certificado digital com extensão .CER?

Desde já agradeço!

Link para postar
Compartilhe em outros sites
  • 0
  • Administradores

Comentário originalmente feito por: @GustavoFiorin

Bom dia Jairo, tudo bem e você?

Sobre o certificado, nossa aplicação não realiza a geração, somente recebemos sua inclusão mesmo. Para cada banco esta geração é diferente, em alguns é utilizado o .pfx e outros o .cer, mas realmente não temos o controle de sua geração.

Recomendamos sempre alinhar junto ao gerente responsável pela conta, para que ele possa provir mais informações sobre este procedimento, pois geralmente eles possuem um manual com o passo a passo para buscar este certificado para o serviço de cobrança.

Para qualquer dúvida mantenho-me à disposição.

Link para postar
Compartilhe em outros sites
Visitante
Este tópico está fechado para mais respostas.
  • Você também pode se interessar por:

    • Por Karina Harumi
      Tópico originalmente criado por: @Pedro.Bravin
      Olá desenvolvedor!
      Neste post iremos disponibilizar à você algumas informações referente a como instanciar um componente/biblioteca no Visual FoxPro.
      Passo a passo:
      Primeiramente devemos criar um novo projeto, e um novo form ou abrir o projeto que você deseja adicionar os componentes;
      Depois disso, abra o form principal, clique com o botão direito dentro do form e depois clique em “code”, em seguida, vá até a procedure “Init” do object “Form”.
      A init é executada quando o form é aberto, então é nela que vamos instanciar o componente, conforme este exemplo:
      PUBLIC Boleto
      Boleto = CREATEOBJECT(“BoletoX.spdBoletoX”)
      PUBLIC ConsultarList As BOLETOX.spdRetConsultarLista
      Na tela de edição do FoxPro, selecione o botão Object Browser;
      Na tela que abrir, selecione o botão “Open Type Library”;
      Na tela em seguida, clique na aba “Com Library”, e em seguida em “Browser” navegue até a pasta em que está a .dll ou .ocx.
      Após seguir estes passos, o componente estará configurado e você já conseguirá utilizar os métodos .dll e OCX.
      Caso tenha qualquer dúvida sobre o cenário explicado ou se quiser conhecer nossas soluções, estaremos sempre à disposição, e será um prazer ajudar!
    • Por Karina Harumi
      Tópico originalmente criado por: @lucas.gusmao
      Olá Desenvolvedor, bom dia! Como vai?
      Hoje fizemos o lançamento oficial do nosso MVP do PIX e, logo abaixo, vou tirar algumas dúvidas sobre o projeto! Caso ainda fique algum ponto, fique a vontade para comentar neste post, ou então criar um post novo aqui no fórum mesmo.
      1. Quais métodos estão disponíveis no MVP?
      R: Atualmente, você pode fazer o registro do PIX no banco, consultar o status do pagamento do mesmo, fazer a impressão (QRCode dinâmico e estático) e configurar o envio de Webhooks para automatizar o processo de cobrança. Para verificar todos os métodos da nossa API, você pode acessar a nossa documentação completa 103.
      2. Quero registrar o meu PIX usando o ambiente do banco, como faço?
      R: Para registrar o PIX diretamente no banco, é necessário que o correntista entre em contato com o seu gerente de cash management e solicite o acesso à API do PIX junto ao banco. O gerente vai encaminhar as credenciais para consumir a API (geralmente são: client_it, client_secret e api_key) que deverão ser configurados em nossa API.
      3. Com quais bancos a API da Tecnospeed está integrado?
      R: Atualmente a nossa API está integrada com a API do Itaú para fazer o registro dos PIX. Está previsto para a primeira quinzena de Fevereiro a integração com o Banco do Brasil.
      4. Quero usar a API da Tecnospeed, mas não tem o banco que eu preciso, o que fazer?
      R: A integração com o banco necessita de um correntista para poder fazer o consumo das APIs. Caso possua um banco que não está na nossa lista, basta solicitar a liberação junto ao gerente (descrito no passo 2) e nos encaminhar as credenciais. A homologação será feita sem custos.
      5. Não tenho conta em nenhum banco, mas quero usar a API da Tecnospeed, como faço?
      R: Você pode utilizar o nosso ambiente de Sandbox! Esse ambiente é uma cópia do ambiente real, mas que não possui o registro no banco. Com isso, você pode testar todos os métodos e conhecer a integração, deixando o seu cenário preparado. Para utilizar o nosso ambiente de Sandbox, basta fazer o download da nossa collection do postman, clicando aqui 36.
      6. Estou com dificuldades em fazer a integração, mas não sei onde pedir suporte, como faço?
      R: Nesse primeiro momento, em que estamos trabalhando com um MVP, o suporte será feito através da plataforma do HUB. Basta comentar nesse post ou criar um post novo na sessão da Fintech 13, que você será respondido pelos nossos desenvolvedores.
      7. Estou interessado na aquisição da API, como funciona o modelo comercial?
      R: O nosso modelo comercial ainda está em definição, porém, em breve teremos novidades. Por hora, o nosso ambiente do MVP estará aberto (e de forma gratuita) até o dia 05/02.
    • Por Karina Harumi
      Tópico originalmente criado por: @Eduardo_Montanhole
      Olá desenvolvedor(a),
      Você sabe para que serve o campo sacador/avalista no boleto bancário? Mesmo com vários anos desde a implantação do sistema de cobrança bancária eletrônica como conhecemos hoje, existe muita dúvida a respeito da utilização do campo de SACADOR/AVALISTA e hoje vamos deixar essa opção do boleto eletrônico bem clara de uma vez por todas.
      Mas antes de tudo vamos relembrar rapidamente o que significam alguns campos relacionados ao sacador/avalista.
      Sacado: é quem paga o título, pode ser chamado também de pagador.
      Cedente ou beneficiário: é quem receberá o valor pago pelo boleto, ou seja, o emissor do título de cobrança.
      Em casos em que a empresa utiliza uma instituição bancária ou intermediadora de pagamentos, o campo de CEDENTE pode ser preenchido com o nome do intermediador de pagamento, quando isto ocorre, o nome da empresa que vendeu o produto ou serviço constará no campo de SACADOR/AVALISTA.
      Assim sendo, quando existir o processo de terceirização da emissão do boleto de cobrança quem de fato irá receber o valor pago pelo Sacado será o SACADOR/AVALISTA e não o CEDENTE como ocorre nos casos convencionais de emissão de boleto.
      Vamos utilizar um exemplo para ser mais claro:
      A empresa Softwares ABC é uma software house e utiliza a TECNOSPEED como sua intermediadora de pagamentos. A empresa Transportes e Cia é uma cliente da Softwares ABC. Ao emitir o boleto para que a Transportes e Cia. pague a mensalidade de sua solução o boleto vai com as seguintes informações.

      Nesse caso que utilizamos como exemplo podemos verificar que a TECNOSPEED se tornou a BENEFICIÁRIA do título, a SOFTWARE ABC foi preenchida como AVALISTA e a TRANSPORTES E CIA continuou como pagador, este é um exemplo prático de utilização do campo SACADOR/AVALISTA.
      Como utilizar o sacador/avalista no PlugBoleto:
      Em nossa ferramenta possuímos a funcionalidade de sacador disponível e de utilização muito simplificada sendo necessário apenas o preenchimento dos campos com os dados do SACADOR/AVALISTA necessários no JSON de envio do boleto conforme exemplo de preenchimento abaixo:

       
    • Por GustavoFiorin
      Olá desenvolvedor e cliente das nossas soluções Fintech! Abaixo irei apresentar as novidades e melhorias das nossas soluções, que foram implementadas durante o mês de Março/2021.
      API de Boleto
      Homologação do layout de 400 posições para os bancos Sofisa e Fibra; Correção no download de arquivos de retornos recebidos via VAN(Transmissão automática) na GUI; Inclusão do banco Sicredi no novo fluxo de conciliação de retornos; Download de arquivos de retornos convertidos do base64; Criado o envio e callback da URL de autenticação do Webservice do banco Sicoob; Incluímos o campo TituloOutrosAcrescimos no JSON de consulta do idintegração; Disponibilidade da versão do layout "001" dos bancos Bradesco e Daycoval, no CNAB 400; Remoção de caracteres especiais no idIntegracao do banco Safra; Disponibilizado a devolução da nomenclatura do arquivo de retorno no download do arq. de retorno pela GUI; API de Pagamento
      Homologação do banco Citibank; Correção no segmento O do banco Itaú; Conversão das formas de pagamento do Santander no segmento J; API de Extrato
      Homologação de extratos OFX para o Sicoob; API Pix
      Homologação do banco Bradesco;
    • Por Eduardo_Montanhole
      Olá Desenvolvedor(a).
      Hoje abordaremos as diferenças entre rotas SÍNCRONAS e ASSÍNCRONAS, e a forma com que nossas API's utilizam essas funcionalidades. Primeiramente vamos entender qual a diferença entre os dois tipos de requisições e como são utilizadas.
      TIPOS DE ROTAS
      Síncrona
      Nesta rota no momento em que uma requisição é enviada, o processo que origina a requisição é bloqueado até que exista uma resposta, ou seja, não é possível enviar novas requisições enquanto a requisição em processamos seja finalizada, existe sincronismo entre as requisições. Como por exemplo e envio de NF-e a sefaz nessa modalidade de requisição a SEFAZ retorna imediatamente o status da nota.
      Assíncrona
      Na utilização de uma rota Assíncrona, não existe “sincronismo” entre as requisições, deste modo é possível mandar várias requisições em paralelo, e as respostas serão disponibilizadas de acordo com a finalização do processamento individual. Seguindo o exemplo da NF-e nessa modalidade de requisição você não terá o o status da nota imediatamente mas sim em outro momento.
       
      Como a TECNOSPEED utiliza essa funcionalidade em suas API’s.
      Nós utilizamos as rotas síncronas e assíncronas visando a melhor performance de nossas API’s otimizando o uso da CPU como por exemplo em nossa API PlugBoleto para emissão de boletos. Utilizamos rotas síncronas para requisições consideradas mais “leves”, ou seja, requisições onde demanda menos utilização de CPU como cadastro de cedentes, contas, convênios e etc. E nos casos de rotas de processamento mais “pesado” como requisições de envio de JSON de boletos e UPLOAD DE RETORNO utilizamos uma rota POST assíncrona onde após preenchido com ARQUIVO DE RETORNO convertido em Base64 é gerado um PROTOCOLO DE PROCESSAMENTO conforme imagem abaixo:


      Após a finalização do processamento da requisição fazemos a consulta do protocolo de processamento utilizando rota GET para consultar o protocolo de processamento e ter acesso aos dados retornados:

       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
      Caso tenha interesse em conhecer nossas soluções para desenvolvedores entre em contato conosco! Será um prazer te atender!
      E restando qualquer dúvida estamos à disposição!
       

       
       

Sobre o HUB

Ih... bugou! #ajudabrasil 

Você como dev já passou por uma situação onde aconteceu algum bug ou problema, você olhou para os lados e não tinha ninguém para te ajudar? Seus problemas acabaram! 😎

Bem-vindo(a) ao HUB Comunidade, aqui você tira suas dúvidas, compartilha novidades e conhecimento, ajuda o amigo e até pode rolar uns memes de programador que só a gente entende! 🤪

Crie sua conta e bora trocar umas ideias! 

×
×
  • Create New...